Cuanza Norte: Polícia Nacional apresenta supostos marginais

           Ndalatando- Três supostos marginais que se dedicavam a assalto à mão armada a viaturas na estrada nacional n.º 230 -A, no Cuanza Norte, foram apresentados nesta terça-feira, à imprensa local, em Ndalatando, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional.


O segundo sub-chefe Edgar Francisco Salvador, que procedeu a apresentação do grupo, referiu que os mesmos foram capturados na sequência de uma perseguição efectuada pelas forças policiais e do Serviço de Investigação Criminal (SIC), após terem informações sobre o assalto a uma viatura.

Referido assalto ocorreu no dia 21 do mês em curso, pelas três horas, na localidade de Camizombo, município do Golungo Alto, a viatura fazia o trajecto Luanda/Lunda-Norte.
Os três meliantes, que se encontravam armados, surpreenderam os ocupantes da referida viatura, quando estes procediam a substituição de um dos pneus.

No mesmo local, os meliantes levaram um milhão e 120 mil kwanzas, dois telemóveis da operadora Unitel, roupas e documentos do veículo.

De acordo com o porta-voz, no dia seguinte, por volta das 00 horas, no mesmo troço, foi também reportado um assalto a um dos autocarros da empresa “Macom”, que fazia a ligação Luanda/Lucapa, província da Lunda Norte, com 31 passageiros a bordo.

O mesmo foi perpetrado por dois indivíduos, ainda em fuga, que mandaram parar a viatura, fazendo-se passar por passageiros antes do assalto.
Na sequência, os meliantes saquearam dos passageiros 39 mil kwanzas e sete telemóveis dos passageiros.

A Polícia Nacional na província diz que continua a efectuar diligências no sentido de deter os supostos marginais, tendo sido já criado um destacamento policial no local, com o propósito de fiscalizar o referido troço rodoviário, na perspectiva de prevenir acções do género.
Entretanto, apesar destes acontecimentos, que considera isolados, o responsável caracteriza de calma e sob controlo das autoridades a situação delituosa na província.

Nenhum comentário